Ame-a ou deixe-a ???? !!

Alternativas Individuais x Soluções Coletivas

É uma pena que as condições a que a Petrobras está submetida levem parte de seus trabalhadores a considerá-la somente um passo para outro concurso ou empresa, mas temos que concordar que, no plano individual, para muitos trabalhadores, a saída, pode ser uma solução, mas no plano coletivo, incluindo também os interesses e necessidades da Companhia e do País, ela não é a solução.

Sabemos que outras categorias tiveram alguma consideração por parte do governo e que isso favoreceu ao trabalhador que mais se comprometeu em sair da Petrobras do que, com a Petrobras.    Isto, não por uma questão leviana, mas por uma questão objetiva de que, mesmo sempre sendo “reconhecido” na estrutura de carreira da Petrobras, recebendo os níveis por mérito, ainda assim, ao longo dos anos, o salário petrobras não sobrepujaria e não sobrepujou os salários iniciais das outras categorias, isto é, mesmo com avanços por mérito e os reajustes de ACTs, na Petrobras, o reconhecimento do total comprometimento, a grande maioria dos empregados não teria e não têm melhores salários do que os salários iniciais de outras categorias com complexidade de trabalho próxima ao do que é exigido na Petrobras e resultados menores e nada próximos aos conquistados nos últimos anos. Isto é, nem o mérito e os ganhos “reais”(Avaliação do Ganho Anual REAL ), na Petrobras, sobrepujaram os reajustes e novos planos de salários que o governo concedeu às demais categorias.

Algumas vezes propagam a política do “Ame-a ou deixe-a. Política, essa, que tem cunho totalmente autoritário e é utilizada, estrategicamente, para oprimir e calar aqueles que lutam por uma melhoria contínua, pelo respeito e defesa dos trabalhadores ou cidadãos.

Contra o trabalhador, a mesma é colocada, de forma alienada e irresponsável, como se não houvesse um compromisso, anterior e permanente, de respeito e coerência entre, esforços e resultados, frente à obrigação de reconhecer e recompensar. Criação dos Trabalhadores

Em nossos contextos, individualmente, cabe a cada trabalhador buscar melhores oportunidades, SEMPRE!!! Seja, na própria Petrobras, nas diferentes funções e ramos de negócio da Companhia, um Universo a ser conhecido e apreendido* , seja, fora da Petrobras.
*Como ilustravam, como uma vantagem da Petrobras, nas palestras para novos empregados: “Na Petrobras, há a oportunidade de mudar de emprego, sem mudar de empresa !!!”.

No entanto, coletivamente, (Uma Mente Brilhante – Equilíbrio de Nash) cabe a todos os trabalhadores reivindicar equidade de tratamento, respeito e valorização do trabalho de todos, pois as soluções individuais não resolvem quaisquer incoerências a que a categoria esteja submetida. As soluções, posturas e práticas, individuais, podem ajudar a explicitar o problema, a incoerência e os danos aos resultados da Companhia, mas não o resolvem, nem para a empresa e nem para a categoria, ambas permanecem perdendo: pessoas, conhecimentos, resultados, oportunidades, tempo, dinheiro, realização, comprometimento, investimentos, felicidade

Aos Trabalhadores.

Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em Métodos de opressão e perseguição e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Ame-a ou deixe-a ???? !!

  1. Pingback: PLR 2011/2012 – Tudo ilusão: a “Carreira”, o “Avanço” de nível e promoção e o PAC dos novos em 2011 | Blog do Petroleiro 2020

COMENTÁRIOS? Os faça no quadro abaixo. Caso queira responder a um comentário já realizado, clique no link "Responder" do respectivo comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s