AVNP – À PRINCÍPIO, SOMOS A FAVOR DO PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DOS COLEGAS DE INÍCIO DE CARREIRA

Aceleração da Categoria Júnior – Avanço de Nível e Promoção (AVNP) http://portalpetrobras.petrobras.com.br/PetrobrasPortal/appmanager/portalp/desktop?_nfpb=true&_pageLabel=dctm_noticia_a_petrobras&idConteudo=petro_noticia_000758&areaAtual=a_petrobras

No entanto, precisamos realizar alguns questionamentos quanto ao que pode estar pelos corações e mentes dos trabalhadores?

Seria, esse processo, o balão de ensaio para a criação de um novo processo de Avanço de Nível e Promoção e um PCAC que honrassem todos os empregados, não só os colegas de início das carreiras (o termo Júnior é pejorativo, serve para esteriotipar o profissional como incapaz, desmoralizá-lo, reduzir o valor de seu trabalho)?
Seria, esse processo, uma demonstração clara, de que o PCAC está defasado, não só nos inícios de carreira?
Seria, esse processo, uma demonstração clara, de que o Processo de Avanço de Nível e Promoção está ANACRÔNICO e ANTAGÔNICO ao COMPROMETIMENTO, ABNEGAÇÃO, que TODA A CATEGORIA tem demonstrado ao longo de todos esses anos?
Seria, esse processo, um pequeno ajuste em uma das três escadas rolantes das carreiras da Petrobrás (júnior, pleno e sênior), para não deixar explícito que as mesmas retrocedem, ao invés de avançarem? Isto é, apesar de, por mérito, o empregado subir degraus na carreira, na verdade, a carreira desce, se desvaloriza? O trabalhador luta para avançar, enquanto a escada o atrasa? Essa não seria a carreira da Petrobrax?
Seria, esse processo, um sinal de que até os universitários sonhadores, já estão vendo um pouco da realidade do trabalhador? Isto é, que tem muita propaganda, mas a realidade é outra?
Seria, esse processo, um programa inovador, para o reconhecimento dos esforços dos trabalhadores, ou uma mera embalagem para conceder uma merecida reposição salarial, mas à conta-gotas e somente para uma parte da categoria, e como se fosse uma dádiva? À semelhança do que se deu com os 30% para os novos e a aceitação de um PCAC rebaixado e discriminador do pessoal Sênior e Topado?
Seria, esse processo, a execução da estratégia de dividir a categoria entre novos e antigos e desviar o foco da categoria do tema central, que está em debate no momento, isto é, a PLR?
Seria, esse processo, contra os aposentados e demais trabalhadores, por travestir a reposição salarial, com aumentos na carreira, como fossem reconhecimento do mérito dos trabalhadores, baseados em critérios gerenciais? Alternativamente à concessão de níveis no ACT, que foram reivindicados na justiça, e recebidos pelos aposentados?
Seria, esse processo, a utilização da grande precariedade em que os novos empregados estão submetidos, para quebrar a categoria?
Seria, esse processo, o aprofundamento da política de amigos do Rei, com a promoção definitiva da discriminação exponencial, isto é, enquanto uns não recebem nível algum e, 40%, dos 90% que alcançaram suas metas, recebem 1 nível, somente 8% dos trabalhadores, receberão 100 a 200% mais? Isto é, há uma diferença de desempenho, entre os reconhecidos por mérito em que os trabalhos de 20% deles, equivalem ao dobro ou triplo dos trabalhos de um ano dos outros? E nem se comparam com quem não ganhou nem um nível?
Por que a Companhia não discutiu essa reformulação com a categoria?
Por que não respondeu, nem atendeu, de forma mais geral às demandas mais amplas, que sempre estão registradas na Pesquisa de Ambiência e que beneficiariam TODA A CATEGORIA?
A empresa considera que o “resto” da categoria não merece o mesmo reconhecimento que passará a “conceder” aos colegas de início de carreira?
Se a Companhia reconhece que a carreira de Júnior está defasada, e criou um plano para que, os empregados de início de carreira, tenham as suas carreiras aceleradas, ela deveria reconhecer, também, que atrasou as carreiras de toda a outra parte da categoria que já avançou, por mérito, tanto à carreira de Pleno quanto à carreira de Sênior e também merecem ter seus reposicionamentos nas carreiras, conforme os esforços que já empreenderam e foram, em parte, reconhecidos formalmente, isto é, quanto ao mérito, mas não quanto à compensação?

Portanto, com base nos questionamentos, nos POSICIONAMOS FAVORÁVEIS, MAS ao PROGRAMA DE ACELERAÇÃO, o PAC, de TODA a CATEGORIA.

Está aí . . . uma marca que a Companhia deveria ter como valor:

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DE TODA A CATEGORIA – PAC

NÃO DEVEMOS CONVIVER COM GANHOS LOCALIZADOS E PERDAS GENERALIZADAS.

No entanto, que os colegas, de início de carreira, recebam as vantagens estrategicamente lhes “concedidas”.

LOGO DEPOIS, NO ACT, TEREMOS  A OPORTUNIDADE DE DISCUTIR E REIVINDICAR REFORMULAÇÕES MAIS AMPLAS QUANTO À:

CARREIRA (PCAC + Avanço de Nível e Promoção).

AGORA É PLR !!!

Tomemos cuidado para não entrarmos na onda, de novos versus antigos, a mesma divide a categoria e acaba por fomentar ataques e generalizações, de parte a parte, desviando o debate quanto aos objetivos e problemas de toda a categoria, para apontar bodes expiatórios (culpar arbitrariamente por algum problema) entre grupos ou membros da categoria.
Esse tipo de clima de divisão é facilmente fomentado quando estamos na onda da estereotipação. Basta o poderoso conceder alguma vantagem para um dos grupos, que o outro grupo ou outros grupos, desconsiderados injustamente, se revoltam contra os beneficiados, ao invés de repreenderem o poderoso por fomentar a divisão, a inveja e ou o sentimento de injustiça.
O jogo já está rolando, a estratégia da estereotipação sempre é colocada pela institucionalidade (bando de baderneiros, novos z, antigos y, aposentados w) e as peças estão sendo movidas para diminuírem a coesão da categoria.
E não é fácil estar na situação dos colegas de início de carreira. Não se deve exigir que tomem à frente para negar uma reposição salarial mais do que merecida. Todos já estiveram nessa situação. Uma situação marcante, e que tem pouco tempo, foi quando atropelaram com a proposta de um PCAC rebaixado em troca dos 30% (RMNR). Foi um ganho localizado para uma perda generalizada.
Vigiemos nossos sentimentos para que não nos manipulem contra nossos colegas.
E nos organizemos, com o trabalho de esclarecimento e convencimento dos colegas, para cobrar do poder a equidade de tratamento com toda a categoria.
Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em Ações e Reações - Ataques e Contra-Ataques e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para AVNP – À PRINCÍPIO, SOMOS A FAVOR DO PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DOS COLEGAS DE INÍCIO DE CARREIRA

  1. Pingback: OPINIÃO: PLR 2011/2012 – Tudo ilusão: a “Carreira”, o “Avanço” de nível e promoção e o PAC dos novos em 2011* : Oposição – Sindipetro Unificado de SP

  2. Pingback: PLR 2011/2012 – Tudo ilusão: a “Carreira”, o “Avanço” de nível e promoção e o PAC dos novos em 2011 | Blog do Petroleiro 2020

  3. Pingback: A fup está com medo do voto direto dos trabalhadores?! (Eleição CA – 2012) | Blog do Petroleiro 2020

  4. Resultados dos processos de Avanço de Nível e Promoção 2011

    Repórter Petrobras – Participação do Gerente de Gestão de Efetivo do RH Corporativo – Lairton Correa

    http://portalpetrobras.petrobras.com.br/PetrobrasPortal/appmanager/portalp/desktop?_nfpb=true&_pageLabel=webtv_canal_a_petrobras&videoId=video_publicado_001713&idConteudo=webtv_canal_000004

  5. Pingback: A Grandiosidade da Petrobras deve também se refletir para o corpo de empregados que assim a constroem. | Blog do Petroleiro 2020

  6. Pingback: “PrimeiraMão” vira “RH Informa” 3 – ACT2011/2012 | Blog do Petroleiro 2020

  7. Pingback: Aumento sobre PCAC Defasado não é Real !!! É enganação, ilusionismo para tapear os trabalhadores !!! | Blog do Petroleiro 2020

  8. Vinícius Camargo disse:

    Entrevista com o Gerente de Gestão do Efetivo, Lairton Correia, quanto as alterações no processo de AVNP:
    http://portalpetrobras.petrobras.com.br/PetrobrasPortal/appmanager/portalp/desktop?_nfpb=true&_pageLabel=webtv_canal_a_petrobras&videoId=video_publicado_001432&idConteudo=webtv_canal_000004

    E então, o que acharam?

  9. Vinícius Camargo disse:

  10. Vinícius Camargo disse:

COMENTÁRIOS? Os faça no quadro abaixo. Caso queira responder a um comentário já realizado, clique no link "Responder" do respectivo comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s