O Dano à Nova Geração de Trabalhadores (ReReRepactuação) – Essa Briga Também é Sua – Atenção AGORA, pois depois, não terá forças para se defender.

O Resumo da História dos ataques aos trabalhadores em seus direitos de aposentadoria

  • Achatamento da aposentadoria pela não reposição das perdas inflacionárias com o artifício da “flexibilização da remuneração dos trabalhadores” (Fraude Salarial?) – Desrespeito ao princípio da não redutibilidade salarial e ao direito de aposentadoria digna – Primeiro, pela criação de novas parcelas salarias e remunerações variáveis – PLR, Gratificações e Abonos – sempre, em substituição tanto, em parte, à correção monetária anual, e às garantias e direitos que compunham o salário (com reflexos para a poupança de aposentadoria), mas sempre criadas como se não houvesse correspondência direta às parcelas salariais anteriormente existentes;
  • Precarização intencional da situação dos Assistidos (Aposentados e Pensionistas) e das perspectivas de Aposentadoria da Nova Geração – Confisco de parte da aposentadoria dos já assistidos dos planos de previdência complementar bem como perdas na base de contribuição para as aposentadorias futuras, com perspectiva de redução considerável das mesmas para todos os ativos e para a nova geração de empregados; todas, perdas impostas por decisão gerencial governamental com o artifício do congelamento da tabela salarial e reposição de parte das perdas inflacionárias somente incidindo sobre as parcelas remuneratórias novas, variáveis, e sem reflexos para aposentadoria. Sempre, em detrimento de direitos justamente adquiridos;
  • A criação do déficit atuarial pelo artifício da atualização da tabela de previsão de tempo de vida dos participantes do Plano de Previdência, sob a guisa do princípio do conservadorismo contábil (A “precaução” é tamanha que desconsidera até a realidade da expectativa de vida da massa de participantes do Plano – O princípio do conservadorismo contábil contempla a realidade, mas seu desvirtuamento, manipulação, exclui a realidade e proporciona o confisco da poupança previdenciária dos trabalhadores pelo Governo);
  • Repactuação/BPO – A retirada de direitos e a promessa de um benefício equivalente;
  • ReRepactuação – A insistência no avanço sobre a aposentadoria alheia;
  • Petros 2 – A retirada dos Direitos da nova Geração ;
  • Benefício Proporcional Opcional (BPO) – Pouca adesão:ReReRepactuação, a Missão – O esforço de tentar isolar todos aqueles que sabem de seus direitos, acreditam na justiça e na luta política pela defesa dos direitos de TODOS os trabalhadores;
    • A demonstração da adesão forçada à repactuação;
    • Decepção com a “proporção” do Benefício;
    • Repactuação sem adesão ao BPO demonstrou a pura retirada de direitos!!!
  • Cenas dos próximos capítulos – Resolução MPS/CGPC Nº 26A farra com o dinheiro da aposentadoria dos trabalhadores DEVIDO tanto à imposição de uma tabela atuarial fora da realidade de perspectiva de vida dos participantes do plano quanto pela retirada de “Lucros”, pelas empresas, de “superávits” construídos com o risco dos investimentos dos trabalhadores;
  • Desrepactuação Já !!! – A resistência da categoria contra o rolo compressor pelego-governamental.

Contra a FUP/RH e a ReReRepactuação

Vejam mais, nas palavras da FUP, o quanto o índice da Repactuação (IPCA) é ruim, o quanto é manipulável pelo governo, o que significa o incentivo monetário e a migração (repactuação), o quão defasados estavam e estão as aposentadorias (e os salários), e que clima foi criado para pressionar os trabalhadores a migrar (Repactuar):
Reajuste do benefício pelo IPCA- índice do governo tão ruim quanto o INPC, e facilmente manipulável, tanto que vários fundos oferecem o IGP-M e o IGP-DI, por serem índices mais confiáveis.
Incentivo a migração- A Petrobras oferece dinheiro para o aposentado renunciar a todas as garantias que tem no atual plano. Com isto as aposentadorias e pensões continuarão defasadas e a Petros se livra de futuras ações judiciais cobrando as correções dos benefícios
Os aposentados e pensionistas que aceitarem a migração terão seus benefícios definitivamente desvinculados do pessoal da ativa, abrindo mão da recuperação das perdas salariais que a categoria vem lutando para conquistar. Perdas que só no Plano Real já estão acumuladas em 42,58%.
Se migrarem, aposentados e pensionistas passarão a ter seus benefícios reajustados pelo IPCA, índice de inflação facilmente manipulado pelo governo. No atual plano os benefícios são corrigidos pelo salário da ativa, garantindo assim, índices acima da inflação, como foi o caso do último reajuste conquistado.
Antes mesmo que os ex-dirigentes da Petrobras e da Petros iniciassem em 15 de outubro de 2001 o processo de migração a Fup e os Sindicatos já denunciavam as chantagens, pressões e cooptações utilizados pela patrocinadora e pela Fundação para empurrar goela abaixo dos participantes um plano de previdência repleto de ilegalidades. Uma arapuca das grandes, mas que através do incentivo financeiro pago na época pela Petrobras, acabou atraindo uma parcela considerável de aposentados e pensionistas que se deixou seduzir pelos 2,75 ou 2,5 salários de benefícios recebidos
Informações de http://www.fenaspe.org.br/repactuacao_um_engodo.pdf encontradas a partir de http://www.apn.org.br/apn/content/view/4836/1/ e http://abasepresente.com/opiniao-repactuacao-e-um-engodo/

Debate Petros e Repactuação (Migração)

Publicado em PETROS | Com a tag , , , , , , , , , , ,

Anúncios
Galeria | Esse post foi publicado em Instrumentos e argumentos para o fortalecimento do trabalhador e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O Dano à Nova Geração de Trabalhadores (ReReRepactuação) – Essa Briga Também é Sua – Atenção AGORA, pois depois, não terá forças para se defender.

  1. Vinícius Camargo disse:

    VI CONGRESSO NACIONAL – FENASPE – DIAS 21, 22 E 23, NO MÊS DE NOVEMBRO DO ANO DE 2012

    1 – CARTA DO RIO DE JANEIRO – http://fnpetroleiros.org.br/wp-content/uploads/2012/11/CARTA-DO-RIO-DE-JANEIRO.pdf

    2- No 1º dia de congresso, Fenaspe elege nova diretoria – http://fnpetroleiros.org.br/?p=3151

    3- Conselheiros eleitos da Petros prestigiam 2º dia do VI Congresso da Fenaspe – http://fnpetroleiros.org.br/?p=3158

COMENTÁRIOS? Os faça no quadro abaixo. Caso queira responder a um comentário já realizado, clique no link "Responder" do respectivo comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s